Steven Spielberg quer a Netflix fora do Oscar

Todo mundo sabe que existem muitos cineastas que não aceitam completamente a presença da Netflix em prêmios como o Oscar. Embora a plataforma também apoie o cinema e distribua títulos importantes, para alguns estes não têm o mesmo valor que as produções que estrearam nos cinemas e, portanto, não devem ser equiparados. Um desses diretores é Steven Spielberg.

O diretor deixou sua posição clara em várias ocasiões, mas parece que sua posição se endureceu ainda mais. Alguns rumores dizem que ele próprio estaria por trás da vitória de ‘Green Book’ na categoria de Melhor Filme no ‘Oscar 2019’. Spielberg teria usado seus contatos para fazer com que acadêmicos votassem no filme de Peter Farelly.

Agora, o objetivo do diretor (e de muitos outros cineastas) é reformar os regulamentos desses prêmios do Oscar, para que na próxima edição não seja permitida a participação de nenhum filme distribuído pelas plataformas do tipo Netflix. Algo que, à primeira vista, pode ser ignorado por muitos amantes do cinema, mas que na realidade pode ter consequências terríveis para a sétima arte.

Uma realidade que, afinal, nada faz além de prejudicar o próprio cinema, sua evolução e seu crescimento. A indústria do cinema está se transformando, se adaptando, mas parece que alguns grandes nomes dessa área estão resistindo.

E vocês, o que acham dessa resistência dos diretores? Nos diga nos comentários abaixo!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: