Mindhunter – Vale a pena assistir a 1° temporada da série da Netflix?

Mindhunter acompanha a história de dois agentes do FBI focados em Ciência Comportamental e criadores de um projeto para tentar traçar o perfil dos Serial Killers através de entrevista com os assassinos mais perigosos dos EUA.

No ano de 1977, os agentes Holden Ford (Jonathan Groff) e Bill Tench (Holt McCallany) viajam pelas prisões dos  EUA visitando os principais Serial Killers a fim de conseguir um padrão no comportamento para ajudar o FBI a identifica-los e captura-los com mais facilidade.

Caso esteja procurando séries com muita ação, perseguição e sangue, com certeza esta série não é para você.

Os episódios são focados nos diálogos e discussões entre os personagens, entrevistas com assassinos que contam sua história e crimes, mesclando também a vida privada dos personagens principal, o que faz o telespectador criar certa empatia.

Os diálogos e entrevistas com os assassinos são ótimos e bem escritos, e utilizam bastante de linguagem não verbal. Um aceno, expressão facial e outros fatores estão ali para ajudar o telespectador a ter mais informações.

Algumas cenas da série podem parecer não acrescentar em nada, porém tem o seu significado e podem ser explicados na sua segunda temporada.

Apesar dos dois primeiros episódios serem um pouco mais arrastados que o restante da série, a história prende o telespectador pela curiosidade sobre a mente humana e suas diferenças. Vale a pena seguir até o final, e acredito que entrará no grupo das pessoas que estão aguardando a segunda temporada.

Já assistiu? Deixe sua nota e seu comentário sobre a série.

Nota Geek´s League

Description

User Rating: 0 ( 0 Votes )

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: