Especial Dia da Mulher – Parte 1

Hoje é um dia especial para as mulheres e por isso o Geek´s League deixará esta singela homenagem a todas que batalham diariamente para fazer o seu mundo um lugar melhor.

Vocês não são diferentes das heroínas das histórias, todas travam suas batalhas do seu próprio jeito e mesmo sem super poderes conseguem vence-las diariamente.

Um feliz dia internacional da mulher a todas vocês.

Como homenagem, faremos um especial em dois posts listando mulheres fortes dos universos dos super-heróis.

Este primeiro post será dedicado às mulheres do universo Marvel.

Qual heroína você acha que não poderia ter ficado fora desta lista?

Nome: Jennifer Susan Walters

Primeira aparição nas HQ´s: Savage She-Hulk (fevereiro de 1980)

Primeira aparição MCU: Não apareceu.

Origem: Prima de Bruce Banner e advogada de sucesso em Los Angeles, Jennifer foi atacada pelo inimigo de um de seus clientes e ficou gravemente ferida.
Ao perder muito sangue, Bruce acabou fazendo uma transfusão de emergência (Ele sabia que eles tinham o mesmo tipo sanguíneo).
Percebendo que o perigo tinha passado, ele deixou a prima no hospital e com medo de se transformar no Hulk devido ao ódio que estava sentindo, acabou fugindo.
Os efeitos do sangue alterado por raios gama aparecem em Jennifer quando capangas invadem o seu quarto para terminar o que não conseguiram.

Habilidades: Super força, agilidade e resistência sobre-humanas, regeneração espontânea, resistência contra magia e telepatia, percepção visual, transformação instantânea, energia gama infinita intrínseca, pescoço intrínseco, excelente atleta e artista marcial.

 

Nome: Natalia Alianovna “Natasha” Romanoff

Primeira aparição HQ: Tales of Suspense #52 (Abril de 1964)

Primeira aparição MCU: Homem de Ferro 2 (2010)

Origem: Nascida na Rússia em meados da Segunda Guerra Mundial, a mãe de Natasha precisou jogar a filha pela janela para salva-la de um incêndio.
O soldado russo, Ivan Petrovich, pegou a criança e a criou como uma filha adotiva.
Depois de crescida, Ivan a levou até a instalação secreta da URSS denominada “Sala Vermelha”.
Lá Natasha foi treinada juntamente com 28 meninas no programa “Operação Viúva Negra”.
Além do treinamento físico intenso, as garotas passavam por aprimoramento psicológico e biológico, incluindo soro que estende a expectativa de vida e impede o envelhecimento e também eram tornadas inférteis.
Como aprimoramento psicológico, eram implantadas memórias falsas para que elas não se lembrassem da “Sala Vermelha” e acreditassem que haviam sido treinadas como bailarinas no Teatro Bolshoi.

Habilidades: força, resistência, agilidade e velocidade aprimoradas, vigor super-humano, acrobacias, mestre em artes marciais, espionagem, mestre da sedução, perita em táticas de guerrilha e em armas de fogo.

 

Nome: Ororo Munroe

Primeira aparição HQ: Giant-Size X-Men #1 (Maio de 1975)

Primeira aparição no cinema: X-Men: O Filme (2000)

Origem: Ororo é descendente de uma antiga linhagem de sacerdotisas Africanas, filha de uma princesa africana com um fotojornalista, nasceu em Nova Iorque e mudou-se para o Cairo com 6 meses de idade.
Seus pais foram assassinados em um atentado terrorista quando ela tinha cinco anos, e ficou soterrada juntamente com o corpo de sua mãe (o que deixou a Tempestade com traumas e causou a sua claustrofobia).
A pequena garota conseguiu sair dos escombros e fugiu com a roupa do corpo e o rubi ancestral de sua mãe.
Viveu nas ruas do Cairo, onde aprendeu a lutar e a roubar, se tornando uma eximia profissional das artes furtivas.
Seus poderes mutantes apareceram pela primeira vez quando quase morreu de sede no deserto do Saara e descobriu sua capacidade de controlar o clima.

Habilidades: manipulação do tempo, voo, percepção de energia.

 

Nome: Wanda Maximoff

Primeira aparição HQ: Uncanny X-Men #4 (Março de 1964)

Primeira aparição MCU: Cena pós-crédito de Capitão América: O Soldado Invernal

Origem: Wanda nasceu na montanha Wundagore, na Trânsia (país fictício no sudeste europeu), sendo meio Judia e meio Romani (Ciganos).
Em seu nascimento, o demônio Chton deu a ela a Magia do Caos afim de um dia toma-la como receptáculo.
Com os poderes mutantes de manipulação da realidade somados à magia do caos, a Feiticeira é um dos seres mais poderosos do universo Marvel.
Não é qualquer um que consegue reduzir 95% da população mutante do mundo usando somente a frase “Chega de Mutantes!”

Habilidades: magias divinas, magia do caos, manipulação de probabilidades, manipulação da realidade, manipulação dimensional, feitiçaria, encantamentos, maldições, ressurreição, deformar o som e a luz, magia arcana, magia Elemental, deformar as leis da magia, criar ou apagar seres da realidade, ondas de desintegração, tele transporte interdimensional, geração de energia, canalização de energia, psicocinese, explosões de energia, telepatia, tele cinese, tele cinese molecular, dominação de poderes alquimia, voo, geração de campos de força, manipulação molecular, manipulação de matéria, reflexão de poderes, controle e manipulação mental, ilusões telepáticas, detecção mental, empatia, necromancia, ventriloquismo, clarividência, premonição. (Só nas HQ´S mesmo, porque nos filmes ainda temos esperança de ver a Wanda chutando bundas um dia).

 

Nome: Carol Susan Jane Danvers

Primeira aparição HQ: Marvel Super Heroes #13 (Março de 1968)

Primeira aparição MCU: Seu filme solo está previsto para ser lançado em Março de 2019, mas sempre rola aquela esperança de vê-la pelo menos nas cenas pós-crédito de Guerra Infinita.

Origem: A mais velha de três irmãos em uma família machista, Carol precisou se alistar à Força Aérea Americana para realizar os seus sonhos. Aos poucos ela foi subindo de patamar e trabalhando juntamente com outros futuros super-heróis e vilãos.
Após um tempo foi contratada pela NASA para se tornar chefe do departamento de segurança, e foi aí que ela teve contato com os alienígenas Kree, em especial Mar-Vell (Capitão Marvel).
Durante uma batalha Carol foi sequestrada por um Kree que acabou explodindo um dispositivo próximo dela, fazendo seu DNA se transformar em meio-Kree e ganhando os seus poderes.
Ela acabou criando o próprio uniforme e se tornando a Miss Marvel e consequentemente os demais nomes que usou, até virar a Capitã Marvel que mantem até hoje.

Habilidades: voo, força sobre-humana, projeção de energia, vigor sobre-humano, resistência sobre-humana, imortalidade, adaptação pulmonar, perita em artes marciais, absorção de energia.

 

Nome: Gamora

Primeira aparição HQ: Strange Tales #180 (Junho de 1975)

Primeira aparição MCU: Guardiões da Galáxia (2014)

Origem: O planeta onde Gamora morava foi atacado pela Igreja Universal da Verdade, a fim de expandir o seu império, e extinguiu a raça humanoide Zen-Whoberis deixando somente a heroína como única sobrevivente de sua espécie.
Ela foi resgatada por Thanos, que a treinou para derrotar o Mago (versão sombria de Warlock e líder da Igreja que devastou o seu planeta).
Thanos a criou sob rígida disciplina militar e alterou sua percepção para que não descobrisse seus planos, porém Gamora resolveu explorar um planeta hostil e foi capturada, torturada e estuprada por bandidos.
Novamente a heroína foi salva pelo seu “pai adotivo” e levada para o Santuário, onde Thanos realizou implantes biônicos na garota,  garantindo novas habilidades (Inclusive fator de cura).

Habilidades: força, resistência, agilidade, reflexos, velocidade e durabilidade aprimoradas, fator de cura acelerado, grande estrategista, acrobacias, perita em armas de fogo, ótima atiradora, mestre em combate corpo-a-corpo.

 

Nome: Shuri

Primeira aparição HQ: Black Panter Vol 4 #2 (Maio de 2005)

Primeira aparição MCU: Pantera Negra (2018)

Origem: Desobedecendo a uma ordem de sua mãe e rainha de Wakanda, Shuri tenta lutar contra seu tio para ficar com o manto de Pantera Negra.
Porém ao chegar atrasada, seu irmão T´Challa já havia vencido a luta e o direito ao manto.
Sua primeira batalha é quando o Garra Sônica invade Wakanda e Shuri mata um dos mercenários que lutava ao lado do Garra.
Essa morte pesou bastante na cabeça de Shuri. T´Challa, para ajudar a irmã, começa a ajuda-la a treinar com o intuito de um dia herdar o manto do Pantera.
Durante um conflito com o Doutor Destino, T´Challa acaba gravemente ferido e Shuri assume temporariamente o manto e o reino de Wakanda.
Mesmo após a recuperação do irmão, ela continuou utilizando o manto em território Wakandiano, enquanto o irmão lutava fora de Wakanda.

Habilidades: treinamento corporal implacável e aprimorado através de uma erva especial de Wakanda, traje de pantera negra com garras afiadas e revestido de vibranium. Posteriormente a personagem ganha novas habilidade como se transformar em uma revoada de pássaros (ou em um único pássaro gigante) e também transformar seu corpo em rocha orgânica.

 

Nome: Jean Grey

Primeira aparição HQ: Uncanny X-Men #1 (Setembro de 1963)

Primeira aparição no cinema: X-Men: O Filme (2000)

Origem: Seu poder despertou aos 10 anos ao ver sua melhor amiga ser atropelada.
Segurar a amiga nos braços enquanto morria, fez os poderes telepáticos de Jean despertarem e sentir toda a dor da amiga que morria.
Depressiva com o ocorrido, os pais foram aconselhados a leva-la a um psiquiatra chamado Professor Charles Xavier.
O Professor explicou a ela que era uma mutante e passou a treina-la para controlar objetos com a mente. Os poderes telepáticos foram bloqueados pelo Professor para que ela só tivesse acesso após ter maturidade suficiente para usa-los.

Habilidades: poderes nível ômega, telepatia ilimitada, defesa telepática, capa telepática, reorganização mental, escudo psíquico, ilusões telepáticas, camuflagem telepática, manipulação telepática, alteração da memória, controle mental, alteração da personalidade, paralisia mental, amnésia mental, transferência mental, remoção de memória, sedação mental, inibidores psíquico, conexão mental, explosões psíquicas, projeção astral, detecção mental, telecinese, telecinese molecular, telecinese tátil, projeção de energia telecinética, pássaro psíquico, campos de força telecinéticos, aura telecinética, transmutação das moléculas, transmutação da matéria, clarividência, projeção de energia psíonica, rajadas psíquica, ilusionismo, anulação de habilidades, voo. (ufa….)

Habilidades como Fênix (lá vamos nós de novo…): poder cósmico, manipulação da energia cósmica, projeção de energia cósmica, absorção de energia, explosões de força concussiva, teletransporte cósmico, viagens interestelares, mestre em combate astral e telepático, manipulação da realidade, manipulação da probabilidade, deformação da realidade, deformação da probabilidade, controle molecular, reconstrução molecular, manipulação magnética, desmaterialização, desintegração molecular, transmutação da matéria, manipulação de matéria (nível subatômico), controle temporal, controle sobre a vida e a morte, controle da energia vital, domínio da existência, atmocinese, hidrocinese, aerocinese, criocinese, geocinese, pirocinese cósmica, cronocinese, resistência física e mental, invulnerabilidade, intagibilidade, invisibilidade, super força (100 tons), super salto, super reflexos, adaptação reativa, sobrevivência no espaço, alquimia, necromancia, voo (velocidade da luz), imortalidade, ressureição, onipotência, onipresença, oniciência (acabou! Rsrs)

A segunda parte do especial será sobre as mulheres do universo da DC Comics.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: